01/06/2014

Resenha :: A Escolha

Hey, babys! Como vocês estão?

Hoje trago para vocês mais uma resenha quentinha do forno! Estava empolgada e com medo de fazer essa resenha e logo vocês vão entender o porquê. Confiram:

A EscolhaLivro: A Escolha
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 351
Nota: 
Sinopse: A Seleção mudou a vida de trinta e cinco meninas para sempre. E agora, chegou a hora de uma ser escolhida. America nunca sonhou que iria encontrar-se em qualquer lugar perto da coroa ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que a competição se aproxima de seu final e as ameaças de fora das paredes do palácio se tornam mais perigosas, América percebe o quanto ela tem a perder e quanto ela terá que lutar para o futuro que ela quer. Desde a primeira página da seleção, este best-seller #1 do New York Times capturou os corações dos leitores e os levou em uma viagem cativante ... Agora, em A Escolha, Kiera Cass oferece uma conclusão satisfatória e inesquecível, que vai manter os leitores suspirando sobre este eletrizante conto de fadas muito depois da última página é virada.

Resenha


Fazer resenha de um segundo ou terceiro volume de uma série, mesmo sem querer, acaba revelando alguns spoiler que tiram um pouco da graça de quem ainda não leu o primeiro. Por isso, tenha cuidado ao ler essa resenha, pode conter informações sobre os volumes A Seleção (confira resenha aqui) e A Elite (confira resenha aqui).




Sabe quando você termina uma série e fica um tempo sentada com o livro na mão, absorvendo toda a história e perguntando o que vai fazer da sua vida agora? Muitas das vezes isso é acompanhado de algumas lágrimas e foi isso que aconteceu comigo assim que eu fechei A Escolha.

O livro começa bem de onde parou o anterior, America finalmente está certa do que quer e agora vai lutar com unhas e dentes para conseguir ficar com seu amado. As coisas não parecem ser fáceis e tudo piora quando temos pessoas para atrapalhar.

Eu até gostaria de contar mais sobre a história para vocês, mas se pararmos para ver o livro se resume a início, cenas de ação, tudo indo por água a baixo e depois o final esperado.

Como eu tinha dito na resenha de A Seleção, a autora criou uma distopia para ser o fundo do seu romance. Embora os Rebeldes (uma das características de distopia) estejam presentes, eles estão em segundo plano, atrás do nosso querido (e confuso) triângulo amoroso.

Okay, eu realmente não sei ao certo qual minha opinião sobre essa série. Posso dizer que Kiera criou aquela história imperfeita que todos acham maravilhosa e viciante. Porque sim, temos que concordar, os livros são viciantes. Podem não ser os menos previsíveis ou clichê do mundo, mas vicia a todos que leem.

Por falar em previsível, o final é exatamente aquilo que eu esperava. Tudo bem que teve umas reviravoltas inimagináveis que levou não só parte do meu fôlego, mas personagens que eu gostava muito e que quase (ou completamente) não foram explorados.

A resenha está confusa, eu sei. Mas é que nem eu sei ao certo o que to sentindo sobre esse livro, sobre essa saga. Então recomendo que cada um leia e tire suas próprias conclusões. Prometo que não vão se arrepender, pois como eu disse, é o tipo de história que mesmo você não gostando, você gosta.



A diagramação está perfeita, seguindo o padrão dos volumes anteriores. Nem preciso falar que a capa está maravilhosamente linda né? Arrisco dizer que as capas dessa saga são as mais bonitas da minha estante. Outra coisa que eu queria falar, é que nesse volume tem vários quotes perfeitos! Foi até difícil escolher só alguns para colocar aqui para vocês.

Quotes

As melhores pessoas sempre carregam alguma cicatriz.

Queria tudo dele, tudo para ele, porque queria cada parte dele.

Você não é o mundo, mas é tudo o que torna o mundo bom. Sem você minha vida ainda existiria, mas só.

Pode partir meu coração. Mil vezes, se desejar. Sempre foi seu para machucar como quiser.

Meu amor por você está além da tinta, das melodias e das palavras. E espero que você o sinta sempre. Mesmo quando eu não estiver por perto para dizer.

A saga 

A Seleção  Contos da Seleção: O Príncipe & O Guarda

8 comentários

  1. Oiee ^^
    Sou louca por essa série/saga ♥
    Eu também já tinha previsto o final, mas não sabia como a autora iria chegar lá, e isso me preocupava. Senti a falta de Aspen nesse livro, ele mal aparece, e fiquei chateada porque ele é o meu favorito ♥ haha'
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Também sou completamente louca por essa saga *-* Nunca fui muito fã do Aspen não, Maxon sempre teve meu coração rs

      Beijinhos

      Excluir
  2. Oi Beatriz!
    É bem isso mesmo. É difícil explicar nossos sentimentos pela série e, apesar de todos os clichês, é extremamente viciante!!

    Seu blog é muito fofo *-*

    Beeijos
    Petra | Na Próxima Página...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, querida! É exatamente isso né?

      Beijinhos

      Excluir
  3. Concordo que escrever resenhas de séries é sempre muito confuso, ainda mais se faz o seu tipo não liberar spoilers. Mas essa é uma série maravilhosa, que realmente falta palavras para descreve-la. Então entendo muito bem pelo que vc passou para escreve-la.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thais! É tão difícil né? D: A série é realmente perfeita, cai de amores por ela.

      Beijinhos

      Excluir
  4. oi, tudo bem?
    Adorei sua descrição: Uma série imperfeita, porém viciante. Eu adoro a escrita da Kiera, mas me decepcionei muito com a trama dessa série. Eu amo distopias, e A Seleção não é distopia, na minha opinião. A Escolha foi um bom final para a série, bem coerente com os livros anteriores, sem surpresas ou dramas maiores. Eu esperava mais, é verdade, mas fazer o que? rs
    E realmente, é difícil resenhar um livro que é sequência de uma série.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bruna! Acho que essas séries são as melhores né? Mesmo sendo imperfeitas conseguem conquistar a gente. Pois é, não foi o que esperávamos, mas nos conquistou mesmo assim. É muito difícil mesmo!

      Beijinhos

      Excluir